19 advogados estrangeiros defendem jornalista maliano

Bamako- Mali (PANA) -- Um colectivo de 19 advogados estrangeiros, incluindo a Senegalesa Aissata Tall Sall e o Francês William Bourdon, vai defender o jornalista maliano Seydina Oumar Diarra detido quinta- feira passada em Bamako por "ofensa ao chefe de Estado", soube quarta-feira de fonte segura na capital maliana.
Diarra será igualmente defendido por 17 advogados malianos, dos quais o antigo ministro da Justiça e secretário-geral do Partido do Renascimento Nacional (PARENA), Hamidou Diabaté, e o ex-deputado Mamadou Gakou.
O julgamento do jornalista está previsto para terça-feira próxima num tribunal de primeira instância de Bamako.
Diarra, jornalista do diário privado "Info Matin", editado em Bamako, foi detido por divulgação no seu jornal dum tema de redacção intitulado: "A Amante do Presidente da República", recentemente submetido a alunos dum liceu.
O jornalista foi detido na Prisão de Bamako com Bassirou Kassim Minta, professor do liceu Nanaïssa Santara que submeteu o tema aos seus alunos.
"A Amante do Presidente da República", tema de dissertação comentado pelo jornalista, indignou o pai de uma aluna de 16 anos, que se deslocou à redacção do jornal para alertar a opinião sobre o "carácter ousado" da questão.

21 Junho 2007 10:06:00




xhtml CSS