11 mortos encontrados em destacamento militar em Cabo Verde

Praia, Cabo Verde (PANA) – As forças de segurança cabo-verdianas estão em estado de alerta máximo depois de terem sido encontrados, na manhã desta terça-feira, corpos de oito soldados e três civis, dois dos quais cidadãos estrangeiros (espanhóis), no destacamento militar de Monte Tchota, em Rui Vaz, no concelho de São Domingos, na ilha de Santiago, apurou a PANA na cidade da Praia.

Uma fonte militar contactada pela agência cabo-verdiana de notícias (Inforpress) confirmou que todas as forças de segurança estão, neste momento, concentradas no local para tentar desvendar este eposódio inédito em Cabo Verde, e que, por enquanto, não mereceu ainda qualquer reação oficial da parte do Governo e das autoridades militares responsáveis pelo destacamento que garante a segurança das instalações das telecomunicações onde ocorreu a tragédia.

Segundo ainda a Inforpress, tanto o Presidente da República, Jorge Carlos Fonseca, como o primeiro-ministro, Ulisses Corfeia e Silva, estão reunidos, em separado, com o respetivo staff, e a qualquer instante deverão falar ao país sobre esta situação que já levou as autoridades a encerrar o porto e o aeroporto da capital cabo-verdiana, onde também é visível o reforço da segurança junto das instalações dos órgãos de soberania e das residências dos principais dirigentes do país.

-0- PANA CS/IZ 26abril2016


26 Abril 2016 23:03:20


xhtml CSS