11 mortos devido a chuvas torrenciais no Burundi

Bujumbura, Burundi (PANA) – Onze pessoas morreram devido a chuvas torrenciais, acompanhadas de ventos fortes, que caíram nas últimas 48 horas no Burundi, segundo um novo balanço noticiada terça-feira pela rádio pública burundesa.

Entre os mortos figuram oito pescadores no Lago Tanganyika e três pessoas mortas no desabamento duma igreja em Rumonge, cidade costeira do sul do Burundi, particularmente afetada pelas intempéries, de acordo com a fonte.

O governador da província de Rumonge, Juvénal Bigirimana, indicou que os corpos dos pescadores, pretensamente mortos no lago, não foram encontrados, apesar de intensas buscas realizadas desde segunda-feira últimas.

Quanto aos danos materiais no lago Tanganyika, o responsável administrativo mencionou 18 barcos de pesca destruídos pelo mau tempo.

Também fazem parte dos mortos três mulheres de um coro duma igreja pentecostal local, cujas paredes ruíram, resultando em seis feridos graves durante uma sessão musical de louvor a Deus.

Na mesma província de Rumonge, a 80 quilómetros ao sul de Bujumbura, assinala-se mais de 300 casas e campos de culturas alimentares danificados.

Mais no centro do Burundi, na província de Mwaro, 30 casas e uma escola foram destruídas por fortes chuvas segunda-feira, de acordo com fontes administrativas locais.

-0- PANA FB/JSG/DIM/DD 21fev2018

21 Fevereiro 2018 08:52:40


xhtml CSS