Cabo Verde em alerta perante regresso de mau tempo

Praia, Cabo Verde (PANA) - O mau tempo pode regressar ao arquipélago cabo-verdiano esta terça-feira, na sequência da formação de um sistema tropical sobre o Senegal, com possíveis efeitos nas ilhas a partir do meio-dia, alertou esta terça-feira o Instituto Nacional de Meteorologia e Geofísica (INMG) de Cabo Verde.

No início da semana passada, as ilhas cabo-verdianas sofreram efeitos da passagem do furacão Fred que deixou 50 famílias desalojadas em todas as ilhas e causou também estragos em estradas, aeroportos, infraestruturas portuárias bem como cortes de energia e dificuldades nas comunicações.

As ilhas do Sal, Boavista e São Nicolau foram as mais afetadas pelas chuvas e por ventos fortes que obrigaram ao encerramento temporário dos aeroportos e ao cancelamento dos voos domésticas.

No mesmo contexto, a Agência Marítima e Portuária (AMP) proibiu todas as embarcações de se navegarem no mar que se apresentava bastante agitado, com ondas que chegaram a atingir os sete metros de altura.

Durante toda a semana passada, vários membros do Governo estiveram no terreno, em várias ilhas, para contabilizar os estragos causados pelo furacão Fred.

Também no último fim de semana, o Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC) alertou para a possibilidade da tempestade tropical Grace, formada a mais de 460 quilómetros do arquipélago cabo-verdiano, atingir as suas ilhas do sul.

Contudo, a tempestade acabou por não afetar Cabo Verde, tendo-se apenas registado chuva fraca e chuviscos dispersos nas zonas montanhosas mais no sul.

Conforme o INMG, “as previsões de vários modelos atmosféricos indicam que o sistema tropical que se formou sobre o Senegal poderá condicionar o estado do tempo no país, devendo o mau tempo se fazer sentir inicialmente nas ilhas do Sal, Boa Vista e Maio, e afetar, paulatinamente, todo o território cabo-verdiano.

“Durante a sua evolução, há fortes probabilidades de ele vir acompanhado por um aumento de intensidade do vento, com agravamento do estado do mar e precipitações, suscetíveis de ser fortes na região sul do país”, acrescenta o comunicado do INMG.

-0- PANA CS/DD 08set2015


08 Setembro 2015 11:45:07


xhtml CSS