África do Sul envolvida em escândalo de corrupção da FIFA

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) - A África do Sul foi envolvida no escândalo dramático do órgão reitor do futebol mundial, a Federação Internacional de Futebol (FIFA), após revelações dum inquérito sobre corrupção na atribuição da organização do Mundial de 2010.

A África do Sul tornou-se o primeiro país africano a acolher a fase final do torneio quadrienal de futebol depois de perder a organização da edição de 2006 a favor da Alemanha num processo de voto controverso.

Vários altos responsáveis da FIFA foram detidos quarta-feira em Zurique (Suíça) por acusação de corrupção e fazem face à extradição para os Estados Unidos.

Um comunicado do Ministério da Justiça dos Estados Unidos nota que alguns dos supostos esquemas "são relativos ao pagamento e à receção de subornos e comissões ocultas em relação com o patrocínio da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) por uma empresa de equipamentos desportivos americana e a seleção do país anfitrião do Mundial da FIFA de 2010, bem como a eleição do presidente em 2011".

As autoridades policiais suíças confirmaram que estão a estudar a atribuição das duas próximas edições do Mundial de futebol atribuídas à Rússia em 2018 e ao Qatar em 2022.

Embora a África do Sul tenha sido amplamente felicitada pela organização dum Mundial, o país foi abalado por alegações de resultados falsificados de jogos amistosos da sua equipa nacional nas vésperas do torneio.

Um inquérito sobre as alegações está em curso.

-0-  PANA CU/SEG/MTA/BEH/SOC/MAR/TON  28maio2015

28 Maio 2015 14:46:18




xhtml CSS