Ópera consagrada à vida de Nelson Mandela suspensa por falta de dinheiro

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) – Uma ópera consagrada à vida do primeiro Presidente sul-africano negro, Nelson Mandela, foi interrompida após apenas três representações por falta de dinheiro, soube a PANA quarta-feira no local.

A primeira Ópera Africana de Madiba (Mandela) ocorreu sexta-feira última no State Theatre de Pretória, suscitando comentários elogiosos, mas se viu rapidamente confrontada com falta de dinheiro para pagar artistas.

O produtor, Unathi Mtirara,  que é igualmente o sobrinho-neto de Mandela, acusou o Conselho de Administração da Lotaria Nacional de não ter transferido os fundos prometidos para a produção desta ópera.

Segundo ele, o Conselho de Administração prometeu um milhão 100 mil dólares americanos,  mas reduziu depois esta soma para 200 mil dólares americanos.

Ao invês, o porta-voz do Conselho de Administração, Sershan Naidoo, sublinhou que a Lotaria Nacional sul-africana nunca prometeu um milhão e 100 mil dólares americanos.

Afirmou que a sua empresa financia com uma parte dos seus lucros operações de mecenato, mas que, de vez em quando, se debate com dificuldades para cumprir esta tarefa.

A produção, que põe em cena 200 artistas, devia continuar até 1 de junho próximo antes de se deslocar ao Museu Nelson Mandela, em Gunu, a 18 de julho próximo, por ocasião do aniversário deste ícone internacional, de acordo com o responsável.

Devia depois apresentar o espetáculo em Port Elizabeth e em Bloemfontein, antes de partir para um périplo europeu em 2015, concluiu.

-0- PANA CU/SEG/NFB/JSG/FK/DD 29maio2014

29 Maio 2014 10:59:58


xhtml CSS