Áustria financia projecto de recursos hídricos em Cabo Verde

Praia- Cabo Verde (PANA) -- A Áustria vai financiar um projecto de desenvolvimento dos recursos hídricos da bacia de Ribeira Seca, situada no interior da ilha de Santiago, Cabo Verde, no valor de 3 biliões de escudos cabo-verdianos (cerca de 27 milhões de dólares), apurou a PANA sábado na cidade da Praia de fonte bem informada.
Este projecto foi apresentado na semana passada num "atelier" que reuniu na capital cabo-verdiana os presidentes das câmaras de Santa Cruz e São Domingos, assim como representantes do Instituto Nacional de Gestão dos Recursos Hídricos (INGRH) e de outros países parceiros do desenvolvimento de Cabo Verde.
Este projecto contempla a criação e melhoria de infra-estruturas de captação e mobilização de água, de recarga, distribuição e consumo, da rede de distribuição e utilização da água de rega e o reforço das capacidades institucionais e comunitárias.
O défice actual de água nessa bacia, estimado em 279.
777 metros cúbicos/ano, poderá ser superado pela distribuição e utilização da água superficial, através da construção de infra-estruturas de mobilização e distribuição e sobretudo de captação de água.
De acordo com dados fornecidos durante o encontro, "anualmente perdem-se na Ribeira Seca 4,4 milhões de metros cúbicos de água por escoamento superficial", quando o volume de produção de água é de 2,4 milhões de metros cúbicos.
A bacia da Ribeira Seca localiza-se no Nordeste da ilha de Santiago e cobre uma área 71.
5 km2, que se estende do Pico de Antónia até aos limites das zonas de Serrado e Coqueiro.
O consumo de água per capita nessa bacia hidrográfica é estimado em 25 litros para a população rural, 15 litros para os bovinos, cinco litros para os caprinos, ovinos e suínos e a três litros para as aves.

23 Fevereiro 2003 13:03:00


xhtml CSS