África quer hamonizar regulamentação comum para lutar contra medicamentos falsos

Paris, França (PANA)   – Os países africanos querem lutar contra os falsos medicamentos  harmonizando seus procedimentos de homologação farmacêutica, segundo um projeto consultado terça-feira pela PANA em Paris.

A harmonização vai melhorar a saúde pública em África com acesso a medicamentos seguros, eficazes e de boa qualidade, nomeadamente para doenças mais crónicas no continente, explica o documento.

O projeto de harmonização, que vai basear-se nas Comunidades Económicas Regionais (CER), beneficia do apoio do Banco Mundial (BM) e da Fundação Bill e Melinda Gates, lê-se no mesmo texto.

Uma verdadeira indústria de medicamentos falsos desenvolveu-se em África criando um verdadeiro problema de saúde pública no continente.

Confrontados com custos elevados de verdadeiros fármacos, os Africanos, principalmente os mais pobres, optam por produtos duvidosos fabricados localmente ou importados dos países asiáticos, indica-se neste projeto.

-0- PANA SEI/JSG/IBA/CJB/DD  30out2012

30 Outubro 2012 17:35:57


xhtml CSS