África em discussões sobre clima na Etiópia

Addis Abeba, Etiópia (PANA) – A capital etíope acolhe, desde esta quinta-feira, a segunda edição das negociações africanas sobre o clima, sob o lema “Contribuir para o Diálogo de Talanoa”, por iniciativa do Centro Africano para a Política em matéria de Clima da Comissão Económica para África (CEA) e do Centro para a Ciência do Ambiente da Universidade de Addis Abeba.

Estas negociações pretendem dar uma dimensão crítica ao diálogo de Talanoa, levantando as grandes questões contextuais que são  geralmente ignoradas no processo da Convenção das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (CCNUCC).

Elas visam igualmente suscitar um debate sobre uma série de questões relativas  à execução das contribuições determinadas a nível nacional em África e permitirão encontrar soluções possíveis para os problemas climáticos e de desenvolvimento do continente.

A reunião servirá também de quadro para debater sobre os resultados da COP23 e as manifestações paralelas, organizadas à margem da 30ª sessão ordinária da Conferência dos chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), em janeiro último.

Responsáveis políticos, parlamentares, investigadores, representantes dos setores público e privado, da sociedade civil, de grupos de jovens e mulheres,  dos bancos multilaterais de desenvolvimento e da imprensa foram convidados para esta reunião de dois dias.

Lembre-se que o Diálogo de Talanoa representa um dos principais resultados da 23ª Conferência das Partes Signatárias da Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP23).

Talanoa representa um termo de Fidji que designa uma conversa durante a qual, as pessoas interessadas trocam ideias e resolvem problemas.

A primeira edição destas discussões africanas sobre o clima realizou-se em setembro de 2015, em Dar es Salam, na Tanzânia.

-0- PANA IT/JSG/FK/IZ 22março2018

22 مارس 2018 18:14:53


xhtml CSS