África do Sul comemora 30º aniversário da catástrofe aérea da SA

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA)   - A África do Sul celebrou esta quarta-feira o 30º  aniversário da pior catástrofe aérea nacional, em recordação do ano de 1987, quando um avião Helderberg da South African Airways se despenhou no mar perto das ilhas Maurícias após um incêndio a bordo.

O capitão Dawid Jacobus Uys efetuava o seu último voo antes de ir à reforma e deixou Taiwan para Joanesburgo via ilha do Oceano Índico, quando o avião perdeu as suas comunicações rádio.

Uma vasta operação de salvamento foi lançada para tentar recuperar as caixas negras do aparelho, tendo uma delas sido encontrada a uma profundidade de quatro mil 900 metros, o que faz dela a operação de salvamento mais profunda jamais realizada e com êxito.

A fuselagem e o interior da cabine do avião « foram parcialmente montados em Joanesburgo.

O inquérito oficial, dirigido pelo juiz Cecil Margo, não conseguiu determinar a causa do incêndio.

Esta ausência de conclusão conduziu ao aparecimento de teorias da conspiração durante os anos seguintes.

-0- PANA CU/VAO/AKA/IS/FK/IZ 29nov2017

29 novembre 2017 17:23:20




xhtml CSS