África do Sul apoia esforços para tirar Gâmbia de impasse

Cidade do Cabo, África do Sul (PANA) - A África do Sul anunciou o seu apoio aos esforços de mediação do bloco regional oeste-africano (CEDEAO), visando persuadir o Presidente Yahya Jammeh a retirar-se depois da sua derrota às eleições de 1 de dezembro último.

O Presidente nigeriano, Muhammadu Buhari, é esperado na Gâmbia esta sexta-feira numa tentativa de chegar a um acordo.

Lidera uma delegação da CEDEAO (Comunidade Económica dos Estados da África Ocidenta) que vai reunir-se com Jammeh, em Banjul, e que compreende a Presidente liberiana, Ellehn Johnson Sirleaf, o Presidente serraleonês, Ernest Bai Koroma, e o ex-Presidente ganense, John Dramani Mahama.

O Departamento sul-africano das Relalções Internacionais e Cooperação indicou que "todas as partes são convidadas a cooperar com a CEDEAO para encontrar uma solução duradoura a este impasse no quadro das disposições da Constituição na Gâmbia.

O Presidente Jacob Zuma divulgou, em dezembro, um comunicado que felicita o Presidente eleito Adama Barrow depois da sua vitória nas últimas eleições presidenciais, na Gâmbia.

Ele felicitou igualmente Jammeh por ter reconhecido a sua derrota ,"marcando assim o triunfo da democracia na Gâmbia".

Jammeh reconheceu inicialmente a sua derrota antes de recuar na sua decisão e iniciar um procedimento judicial para anular os resultados e organizar um novo escrutínio.

Barrow deve ser investido nas suas novas funções a 19 de janeiro do corrente.

-0- PANA CU/MA/FJG/JSG/MAR/IZ 13jan2017

13 january 2017 15:31:28




xhtml CSS