África chamada a aproveitar revolução digital para acelerar desenvolvimento

Paris,  França (PANA) – Um informático e economista camaronês, Jacques Bonjawo, instou, num livro a ser divulgado no início de Janeiro em Paris, África a tirar proveito da revolução digital para acelerar o seu desenvvolvimento.

Intitulada "Revolução Digital nos Países em Desenvolvimento. O Exemplo Africano ", a obra co-editada pelas Editoras Dumod e Rádio França Internacional (RFI), sublinha o papel chave das Tecnologias da Informação e da Comunicação  (TIC) nos países em desenvolvimento.

" Através desta obra de 175 páginas repartidas em sete capítulos, quis sublinhar, a partir das experiências de terreno, a contribuição das TIC para o desenvolvimento de África. A minha argumentação ilustra-se por exemplos muito concretos, o que faz a singularidade deste livro", declarou à PANA Bonjawo.

A obra instou igualmente África a refletir sobre os desafios e as perspetivas dum crescimento sustentável no continente, indica o livro que aconselha soluções tecnológicas inventivas e, às vezes, surpreendentes: e-leituras, a telemedicina, entre outros".

Ex-presidente da Universidade Virtual Africana (UVA)  e antigo quadro superior na empresa Microsoft, Jacques Bonjawo publicou vários livros dos quais "Internet, uma Possibilidade para África" e "Os Meus Anos Microsoft".

Com menos de três porcento de internautas no mundo, África continua a ser uma das regiões que regista o maior atraso em matéria das TIC.

Várias instituições lançaram, nestes últimos meses, iniciativas das quais a instalação das bandas largas para permitir reduzir "o fosso digital".

Campuses digitais foram igualmente criados em várias capitais africanas com o apoio da Agência Universitária da Francofonia (AUF), indica-se.

-0- PANA SEI/JSG/IBA/FK/DD 29Dez2010

29 Dezembro 2010 20:28:51


xhtml CSS