África apoia Matsuura para um 2º mandato na UNESCO

Addis Abeba- Etiópia (PANA) -- A União africana decidiu quinta-feira, no final de sua III Cimeira em Addis Abeba, recomendar a todos os seus membros apoiarem a candidatura do Japonês Koishiro Matsuura, para um segundo mandato na Direcção da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
A Cimeira "pede aos Estados membros da UNESCO, em particular os Estados africanos representados no Conselho Executivo e na Conferência geral, que apoiem plenamente esta candidatura de Matsuura", fez constar a Cimeira entre as suas decisões.
África justifica a sua escolha pela sua satisfação pela "excelente cooperação" que o actual director da UNESCO soube instaurar entre a sua instituição e a NEPAD (Nova Parceria para o Desenvolvimento da África) logo depois da formulação deste programa especial da União Africana que cristaliza actualmente as esperanças de um continente inteiro.
A Cimeira de Addis Abeba, que saúda, por outro lado, "o lugar prioritário" que a UNESCO confere, dentro dos seus campos de competência, ao desenvolvimento sócio-económico e cultural de África, solicita assim que seja dada uma oportunidade a Matsuura para continuar a sua acção e reforçar mais esta posição privilegiada que a agência onusina atribui a África.

08 Julho 2004 22:34:00




xhtml CSS