$ 45 milhões de investimentos marroquinos na Zona Franca da Mauritânia

Nouakchott, Mauritânia (PANA) – As empresas marroquinas investiram quase um bilião 600 milhões de  ouguiyas, ou quase 45 milhões de dólares americanos, na Zona Franca de Nouadhibou (ZFN), a capital económica mauritana, situada a 465 quilómetros a norte da capital administrativa, Nouakchott.

Segundo o relatório de 2017 da instituição, a que a PANA teve acesso esta quinta-feira, este volume de investimentos coloca as empresas e os  empresários marroquinos na segunda posição dos investidores estrangeiros atrás dos de Espanha.

Os investimentos marroquinos na ZFN estão essencialmente concentrados no setor das pescas e, num grau menor, no comércio.

Assim, nove empresas com capitais exclusivamente marroquinos e cinco empresas, que associam interesses marroquinos a empresários mauritanos, operam atualmente na Zona Franca de Nouadhibou.

Entre elas destaca-se a UNIMER, a AFRICA Pesca , a HOLIDAF Nouadhibou e a Sahel Proteínas.

O embaixador de Marrocos na Mauritânia, Hamid Chabar, deslocou-se esta semana a Nouadhibou onde ele visitou nomeadamente as sedes da Empresa Nacional Industrial e Mineira (SNIM) e da  Autoridade da ZFN bem o Porto Autónomo de Nouadhibou (PAN).

A visita do diplomata marroquino serviu para sensibilizar mais ainda os operadores  marroquinos à imensa potencialidade da cidade de Nouadhibou, nomeadamente da Zona Franca, "que oferece vantagens fiscais (zero impostos durante sete anos, com uma taxa de dois porcento  do volume de negócios) aduaneiras (zero direitos aduaneiros sobre as importações e as exportações) com formalidades administrativas no guiché único.

-0- PANA SAS/JSG/FK/IZ 26julho2018

26 juillet 2018 17:19:40


xhtml CSS