$ 280 milhões para transformação agrícola em 11 países africanos

Abidjan, Côte d´Ivoire (PANA) - Uma Parceria para a Transformação Agrícola Inclusiva (PIATA) foi lançada terça-feira em Abidjan para aumentar rendimentos e melhorar a segurança alimentar de 30 milhões de pequenos agricultores em 11 países africanos até 2021.

Dotada dum montante de 280 milhões de dólares americanos, a PIATA é uma iniciativa das Fundações Bill e Melinda Gates e Rockefeller e da Agência para o Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos (USAID).

Esta colaboração destes doadores está conforme com a Declaração de Malabo, adotada em 2014 pelos chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA) a favor dum financiamento mais acrescido para a transformação agrícola no continente.

O diretor-geral do Escritório regional África da Fundação Rockefeller, Mamadou Biteye, revelou que juntos esperam contribuir para o alcance do objetivo de prosperidade de África através da agricultura.

Por sua vez, o diretor-executivo da divisão crescente mundial e oportunidades da Fundação Bill e Melinda Gates, Rodger Voorhies, acrescentou que a PIATA é uma plataforma interessante que vai ajudar os países a tomarem a boa diração na transformação agrícola.

Para o adjunto principal do administrador do gabinete de segurança alimentar da USAID, Sean Jones, esta parceria oferece um mecanismo inovador para ultrapassar obstáculos ao investimento e atingir objetivos fixados na estratégia mundial de segurança alimentar aprovados pelo Congresso Americano.

Os países beneficiários são o Gana, a Nigéria, o Mali, o Burkina Faso, o Rwanda, o Uganda, o Quénia, a Etiópia, a Tanzânia, o Malawi e Moçambique.

-0 - PANA BAL/BEH/SOC/MAR/DD 06set2017

06 سبتمبر 2017 09:57:02


xhtml CSS